quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Cozinha

Na cozinha em que me encontro
Neste tacho a fumegar
Donde sai um cheiro morto
De ideias a queimar

Rasguei a sola do sapato
O escalpe da cabeça
E a pele do meu peito

Encontrei-me descalço
Com um derrame cerebral
E o coração a descoberto

Saiu-se para fora
Voou pelo ar
Caiu ao teu lado
Para amor bombear...

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!