sábado, 21 de agosto de 2010

Dor

Aaaaaah, que amar é fodido
(Ou fedido, o que queiras dizer)
E eu não sei no que ando metido.

Mas quando eu a abraço
E a beijo sem parar...

Se calhar deixa de ser amar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!