segunda-feira, 6 de setembro de 2010

De ti, completa

Se fossem as letras teclas de piano
Que som iria ser
Melodia, alegre ou pranto?

Perco-me nos teus olhos...

Não tenho forma de me encontrar.

Em qualquer momento, risonhos

São os momentos que posso recordar.

...

O quanto me inspira
Me obriga a sonhar
Recordar, imaginar e pensar

O teu sorriso!

A tua beleza!

A tua arte, a arte de seres tu,

...

Um poema vivo,

Uma música vibrante,

Um fresco pintado,

Da forma mais elegante.

E berrante.

Constragedora, indiferente, triste.

Alegre.

...

Olho a tua foto
O branco da neve

A luz de ti

O castanho do teus olhos.
Perfeitos.

Do teu sorriso.
Belíssimo.

De ti, completa...

1 comentário:

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!