segunda-feira, 7 de março de 2011

Em conversa- Musicalidades

Entendo bem o queres dizer.
Vejo bem o que tentas mostrar.
Palavras, por certo, não podem dar
O mesmo que a música pode fazer.

É essa razão alguma, para de poesia
Música não ser feita, não se exprimir alegria?

Conote-se o som à palavra
Que a palavra do som nasce.
Mesmo que a mãe seja mais prendada
Não achas a palavra ajuizada?

Bem, digo eu que, sinceramente
A palavra é musicalidade indiferente.
Não tocando a toda a gente
Pode ser música e tocar completamente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!