terça-feira, 22 de março de 2011

Eu sou deus. (p'ra mim)

Eu me faço o meu deus que caminha
Eu me faço de mim a minha salvação:
Faço de mim a crença que é só minha
Acredito em mim como reconciliação!

Sou tanto fogo como carne chamuscada
E derreto tanto como àgua de enxurrada
Sou tão frio quanto me aqueço
Sou tão lembrado quanto me esqueço!

Sou tão de mim como dos outros
Mas dos outros nada sou!
Sou amigo de amigos prontos
E de mim pouco sou no que dou!

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!