terça-feira, 15 de março de 2011

Filmes e tal e coise

Eu cá não sou de metragens
O que eu escrevo são poemas
Alguns poucas passagens
Outros pensados problemas.

Eu não tenho nenhuma "garina"
Sei apenas "garinhar"
Ou seja, não agarro menina
Mas gosto bastante de abraçar!

Por outro lado, é isto
Que de melhor sei fazer
E o meu beijo é um misto

De dor, e prazer.
No meu amar se encontra
Morder e beijar, tonta.

3 comentários:

  1. Até as metragens são poesia, são escritas, rimam e provocam sentimentos. ^^

    Bom poema. Bom dia! :D

    ResponderEliminar
  2. Tentaria agradecer-te no teu blogue, mas visto que não tens, agradeço-te por aqui! Obrigado, Princess, e tu também, minha conhecida Zohra ;)

    ResponderEliminar

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!