sábado, 9 de abril de 2011

Chama


Não sou formado de fogo ou de chama
Não sou sequer um ferro ardente na pele.

Que alimente o calor a quem me ama
Não significa que me veja naquele.

Que seduza olhando parado
Não significa que queira olhar.
Que de amor o amor se sinta tocado
Não significa que me disponha a amar.

Se tu dama te mostras indiferente
Nada de especial se me assemelha.
Nem eu fico triste nem contente
Pois nunca penso sequer da tua beira.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!