sexta-feira, 8 de abril de 2011

Não sejas girassóis

São girassóis, filha
E... não tentes ser também.

Não queiras ser algo que siga
Quando não tens nada desse alguém.

Os girassóis a seguir estão condenados
Minha querida filha, repara:

O Sol os guia, como que amarrados
Sugando dele o pouco que ainda há...

Não sejas girassóis, minha amorosa
Da tua vida faz-te caprichosa

Quero que sejas mais que um astro radiante
Mais que uma estrela ardente num Universo

Ou um buraco negro englobando um verso
Uma estrofe que pensa ou chega mais adiante...

Não sejas girassóis, minha filha
Pois seguir fará de ti uma ilha.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!