domingo, 22 de maio de 2011

Loucura


Vozes
Vais ouvi-las
Vociferando
No chão que caminhas

Elas apanhar-te-ão
(Por vontade, ou não
Esta captura é pensada, minha!)

Vozes
Vais ouvi-las
Tomá-las para ti
E as vozes farão assim

Furor e eco nas entranhas
O teu pensar será engolido
E neste chão que agora estranhas
Tu próprio serás consumido.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!