segunda-feira, 23 de maio de 2011

Release C


Apetece-me
Por apetecer
Ora mijar
Ora comer.

Ora na loucura
Na hora da bravura
Sinto cá tamanha vontade
De espalhar a minha arte..

Despe-te (em sonoros rodopios
Enquanto eu para ti corro
Corrente como os rios
Doce prazer puro...)

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!