domingo, 22 de maio de 2011

Una-mo-as


Todas as estrelas
Poderiam... brilhar mais

Se em teu coração
Uma chama mais ardente queimasse.

Toda as estrelas
Poderiam... brilhar mais

Se nas nossas mãos vazias
(Una-mo-as)
Uni-las
Fosse fazer um Uno-verso

(Um universo)

Todas as estrelas
Brilham... podem brilhar ainda

Se te abrires apenas.
No entretanto da solidão
Não esqueças nunca a presença de uma presença
Que te tomou a mão (que se uniu...
A ti..)

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!