quarta-feira, 13 de julho de 2011

A capa

Todo o meu herói de banda desenhada
Tem uma capa
E um fato
Mas é sem dúvida da capa que eu mais gosto.

Capa, presa pelos ombros, qual manto de rei,
Nos ombros carregada por quem tudo carrega,
Que dá a leveza de poder voar
A ausência de forma tão preenchida.

(Já pedi à minha mãe
Uma capa assim.
De feltro, de veludo, pouco importa,
Desde que me faça voar.)

.
..
...
....
...
..
.

Todo o herói de banda desenhada
Voa entre quadrados
Num mundo pouco colorido,
Sem contar com algumas páginas.

E a minha capa que voava a preto e branco,
Nas folhas de um volume qualquer,
Nunca voou num mundo colorido
Como aquele em que eu vivo.

.
..
...
....
.....
....
...
..
.

Será a cor assim tão má?

1 comentário:

  1. muito bom, ricardo, ás vezes não é preciso a capa voar mas sim desejarmos e pensarmos nisso( tou me a lenbrar do peter pan) A capa nos herois é demonstração de realeza atribuida aos poderes dele.

    ResponderEliminar

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!