segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Santa Ignorância


Vinde usar os colares,
Preparai-vos com o pó de arroz,
Pousai esse livro,
Não o tomeis mais em vossas mãos.

A vossa perfeição basta,
Não necessita tal beleza de leitura.
Cada linha torna-vos a pele mais escura
E cada palavra é um suspiro contra algo maior.

E tu, largai as quadras.
Pegai nessas botas limpas
E ide sujá-las,
Cavalgai e aprenda a caçar.

Que o vosso tempo é precioso demais,
Para que vos senteis a ler linhas desmedidas.
Os livros não ajudam nada,
Os livros não salvam vidas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!