quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Não é bem por precisar de coisas novas, é simples vontade de depositar

Se um abraço.

Medi-lo
Sei dizê-lo pouco
Quando não sei senti-lo.

Estou neste momento a tentar escrever verdades
Quaisquer verdades
Para que fiquem registadas
Numa forma
Que não é a tua
Para que o registo seja diferente
E não o tenha de registar em ti.

Se um abraço.

Ah, se um abraço curasse tudo, então
Eu curaria o mundo
Depois de me curar a mim.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!