quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Quereis um melhor título dize please

que chova para sempre
como nunca choveu
esta chuva é que me contamina
é que me mostra e ensina
que há sempre mais alto por onde cair
sempre uma viagem obrigatória de ir
e sem qualquer forma de ficar
sem nenhuma forma de voltar
que caia o mundo afogado
como a minha mente afogada está
como todo eu troveja e fulmina
que tudo isto é sonhado
se nada faz sentido é porque tudo tem de cair
lá bem do alto para poder realmente sentir
e a verdade é que ao chegar ao chão
tudo é um colapso refrescante
um refrescar de ideias e um batalhar
muralhas derrotadas e derrotado o mar
feitos vales erguem-se montanhas
correr caindo correr caído
levantar-se e ser todo sozinho
e não ser nada

poder englobar tudo no que vaza
ostentar em braços o que se ve
cair com a chuva sem perguntar porquê
cair no chão e construir casa

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!