quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Um bis para o dia

na verdade queria já poder ter escrito
que desde aquela altura continuei
sempre um pouco perdido já que tu
e eu nos demos ao trabalho de deixar de ser
e que isso não é pouco e nunca foi pouco
sempre foi muito às vezes demais
por isso que parte de mim vagueia
e outra parte eu realmente não sei onde estar
e outra parte matei-a mas afinal
essa deve ser a única parte que teima
e nunca morre

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!