quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Ah! Que inspiração, vede bem

Leanor ide à fonte com a bilha.
O vento passa-lhe pela virilha
E sabemos todos que ela virá triste
Por o seu amado morrer.

Leanor veio da fonte sem bilha
(Felizmente não se lhe despegou a virilha)
Mas como já a sabíamos vir triste
Veio sem as lágrimas esconder.

O parvo do campo
Sentado com o vento
Riu-se largamente um momento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!