quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Alone is no pain, is much more

Por isso, por um ser um
Sei da companhia quanto baste
Para que o um que se é não chegue.

Por isso, acompanhar no medo
Que falar traz. Difícil é chegar
E às vezes não, nunca se chega.

Olá.

Adeus.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!