quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

avante o Império desperto
está em cesso a noite mas
o dia é ainda distante

quem virá agora
na agonia dos dentes
morder ao destino

que não se apresse o tempo
que a coragem venha
que o uno seja um

convenha ao mundo renascer
no Império descoberto
à enxada do tempo remoto

o sempre presente oposto
a sempre salvação sadia
o sempre valor nulo de viver

avante o Império desperto
está em cesso a noite
mas o dia é já adiante      

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!