quinta-feira, 7 de março de 2013

boom boom

Enquanto a compreensão humana
Mil crianças que morrem
O pensamento sabe respostas
Que o mundo não pode dar.

Enquanto estudo Pessoa delirante
E o Quinto Império aplaudo,
Lá longe ao horizonte de mar
Tantos outros que se afogam.

Enquanto escrevo em reacção
Biliões de destrites descontentes,
Que não têm nem a humana Natureza
Para saber o que é ser gente,
Apertam-se nos ossos da sepultura
A procurar um casaco de pele ao frio.

Sem comentários:

Enviar um comentário

O seu comentário é muito importante para mim! Obrigado!